15 Pinturas Mais Famosas de Todos os Tempos

A pintura, uma das formas de arte mais antigas, existe desde que os nossos antigos antepassados começaram a fazer criações a carvão nas paredes das cavernas. Embora inúmeras gerações de artistas tenham deixado a sua marca ao longo dos milénios, apenas algumas obras de arte têm conseguido transcender o tempo e a cultura para serem veneradas em todo o mundo. Estes fabulosos quadros, agora expostos em museus e galerias de arte, estão entre os mais importantes, impressionantes e influentes de todos os tempos.

1. Mona Lisa (da Vinci)

Mona Lisa Considerada como a pintura mais famosa do mundo, a Mona Lisa tem encantado os espectadores desde que foi pintada no início do século XVI por Leonardo da Vinci. O quadro tem o nome de Lisa del Giocondo, um membro de uma família florentina rica. Em 1911, a Mona Lisa foi roubada pelo empregado do Louvre Vincenzo Peruggia, um patriota italiano que acreditava que a Mona Lisa devia ser devolvida a Itália. Depois de guardar o quadro no seu apartamento durante dois anos, Peruggia foi finalmente apanhado quando tentou vendê-lo à Galeria Uffizi em Florença. Hoje, a Mona Lisa está de novo pendurada no Louvre em Paris, onde 6 milhões de pessoas vêem o quadro todos os anos.

2. A Última Ceia (da Vinci)

Última Ceia Pintada nos anos 1490 numa parede no refeitório do convento de Santa Maria delle Grazie em Milão, A Última Ceia é uma das obras de arte mais reconhecíveis do mundo. Embora os anos não tenham sido bons para o original, que sofreu muito desgaste, o convento ainda vê pessoas de todo o mundo para dar uma vista de olhos ao fabuloso fresco. O maravilhoso mural representa a cena em que Jesus Cristo diz aos Doze Apóstolos sentados ao seu lado que um deles o irá trair. Alguns autores propõem que a pessoa no quadro sentada à esquerda de Jesus seja Maria Madalena e não o Apóstolo João. Esta teoria popular tem um papel central no romance de Dan Brown O Código Da Vinci.

3. Starry Night (van Gogh)

Noite O trabalho definidor de Vincent van Gogh, The Starry Night, retrata a vista que ele podia ver da janela do seu asilo em Saint-Rémy-de-Provence depois de ter tido um colapso nervoso e cortado parte da sua orelha em 1888. A cena icónica mostra um céu nocturno rodopiante e estrelado com vista para uma aldeia que ainda dorme. A criação do pintor pós-impressionista holandês está agora em exposição no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque e é uma das obras mais apreciadas da sua extensa colecção.

4. O Beijo (Gustav Klimt)

beijo Pintado entre 1907 e 1908, durante o auge do «Período Dourado» de Gustav Klimt, o Beijo cintila e brilha diante dos olhos como ouro, prata e platina irradiam da tela. Influenciada pelos movimentos Arts and Crafts e Art Nouveau, a pintura retrata dois amantes de ouro entrelaçados num abraço íntimo. O beijo é uma das muitas obras de destaque na extensa colecção do Belvedere em Viena, e é a obra mais popular e cativante de Klimt.

5. Nighthawks (Edward Hopper)

Nighthawks Outra das obras mais famosas do Instituto de Arte de Chicago é Nighthawks, pintada por Edward Hopper em 1942. Na pintura a óleo podemos ver quatro pessoas numa cafetaria a altas horas da noite. A luz brilha no interior, iluminando a escuridão no exterior através da grande janela de vidro. Apesar de muitos considerarem que representa solidão e isolamento, o próprio Hopper disse que era mais uma alusão a potenciais predadores na noite. Um dos quadros mais populares e parodiosos da arte americana, Nighthawks é a obra mais conhecida e reconhecível de Hopper.

6. Water Lilies (Monet)

Nenúfares A série Water Lilies de Claude Monet, composta por cerca de 250 quadros diferentes, foi pintada na sua casa em Giverny entre 1896 e 1926. O tema principal das pinturas é o lago de lírios no fundo do seu jardim, com outras flores, uma ponte de madeira e um majestoso salgueiro a chorar. As pinturas de Claude Monet, um dos grandes impressionistas franceses, são imediatamente reconhecíveis e são exibidas em museus de todo o mundo. Enquanto o Musée de l’Orangerie alberga oito dos seus maravilhosos murais, outras obras de arte dos Water Lilies podem ser encontradas no Museum of Modern Art em Nova Iorque e no Portland Museum of Art, entre outros.

7. The Young Girl with a Pearl Earring (Vermeer)

Menina com um brinco da pérola Embora muitas vezes comparada com a Mona Lisa, a The Young Girl with a Pearl Earring de Johannes Vermeer é, de facto, uma tronia, e não um retrato. Acredita-se que o mestre holandês tenha pintado a obra por volta de 1665 e retrata uma rapariga imaginária, em vez de real, usando um turbante azul e um grande brinco de pérolas. Tracy Chevalier escreveu um romance histórico narrando as circunstâncias da criação da pintura. O romance inspirou um filme de 2003 estrelado por Scarlett Johansson como assistente de Johannes Vermeer, usando o brinco de pérolas. Destacando-se brilhantemente contra o fundo escuro, a Rapariga com um Brinco de Pérola ilumina agora a galeria Mauritshuis onde se encontra em Haia.

8. Night Watch (Rembrandt)

visão noturna Possivelmente a obra de arte mais famosa do Rijkmuseum em Amesterdão, o Night Watch é uma das pinturas mais magníficas da Era Dourada Holandesa. Pintada em 1642 por Rembrandt van Rijn, a enorme tela retrata um grupo de guardas civis a caminho da prática do tiroteio. Durante grande parte da sua existência, a pintura estava coberta com um verniz escuro que dava a impressão errada de que representava uma cena nocturna, dando origem ao nome Night Watch. Para além do seu tamanho impressionante, a pintura é também famosa pelo seu uso dramático da luz, o que faz com que as figuras em tamanho real pareçam mover-se à nossa frente.

9. A Criação de Adão (Miguel Ângelo)

Criação de Adão A Criação de Adão, que constitui apenas uma pequena parte do magnífico fresco que cobre o tecto da Capela Sistina, é sem dúvida a obra mais famosa e venerada de Miguel Ângelo, juntamente com a estátua de David. Na cena bíblica, vemos Deus estender a sua mão para dar vida a Adão, o primeiro homem. O tecto da Capela Sistina, encomendado pelo Papa Júlio II, foi pintado entre 1508 e 1512, e A Criação de Adão figura de forma proeminente entre os painéis centrais. Reproduzida e reproduzida inúmeras vezes desde então, esta magnífica obra é apenas uma das muitas obras-primas da Renascença.

10. A Persistência da Memória (Salvador Dalí)

a persistência de memória Uma das maiores e mais distintivas obras de arte surrealista de todos os tempos, A Persistência da Memória de Salvador Dalí destaca-se verdadeiramente da multidão. Neste quadro de 1931, podemos ver relógios de bolso a derreter numa paisagem desolada. Acredita-se que esta estranha cena foi inspirada pela teoria da relatividade de Albert Einstein. A fantástica criação de Dali, uma das pinturas mais reconhecidas do mundo, pode ser apreciada no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque.

11. Gótico Americano (Grant Wood)

gótico americano Actualmente pendurado no Art Institute of Chicago, o Gótico Americano é uma das pinturas mais famosas da América rural do século XX. A obra-prima de Grant Wood foi pintada em 1930 e retrata um agricultor e a sua filha em frente do que é agora conhecido como a Casa Gótica Americana. No início, os locais e os críticos de arte tomaram os tons sombrios e a roupa puritana das personagens como uma crítica à vida rural. No entanto, com o advento da Grande Depressão, a pintura tornou-se associada à determinação e ao espírito indomável dos pioneiros americanos. O gótico americano é uma das obras de arte mais importantes e icónicas da América.

12. A Grande Onda de Kanagawa (Hokusai)

a grande onda de Kanagawa a pintura mais famosa do Japão, A Grande Onda de Kanagawa, foi executada por Hokusai usando a técnica de corte de madeira entre 1829 e 1833. A deslumbrante cena, com os seus azuis vivos, retrata uma enorme onda que ameaça engolir três barcos de pesca. Como foi desenvolvido como parte da série «Thirty-Six Views of Mount Fuji» do artista, o vulcão icónico pode ser visto ao fundo. Porque foram feitas numerosas estampas, as estampas originais de The Great Wave of Kanagawa podem ser encontradas no British Museum e no Metropolitan Museum of Art, entre outros.

13. The Scream (Munch)

gritos The Scream é uma série de pinturas expressionistas e gravuras do artista norueguês Edvard Munch, representando uma figura moribunda contra um céu vermelho-sangue. A paisagem de fundo é o fiorde de Oslo, visto de uma colina em Oslo. Edvard Munch criou várias versões de The Scream em vários media. A primeira versão foi pintada em 1893 e está em exposição na Galeria Nacional Norueguesa. Foi roubado em 1994 num roubo de arte de alto nível e recuperado vários meses depois. Em 2004, outra versão de The Scream foi roubada do Museu Munch, mas foi recuperada em 2006.

14. Guernica (Picasso)

rainha museu Sofia Uma das obras de arte mais acarinhadas e exaltadas de Pablo Picasso, Guernica conta a triste história do bombardeamento da cidade basca com o mesmo nome. Através de uma série de formas e figuras em preto, branco e cinzento, o célebre cubista realça a destruição forjada na cidade pela Alemanha Nazi e pela Itália Fascista. Pintada em 1937, Guernica é considerada uma das maiores e mais poderosas obras de arte antiguerra de todos os tempos. A obra-prima de Picasso pode agora ser apreciada no Museu Reina Sofia em Madrid, enquanto uma réplica de tapeçaria da sua famosa obra pode ser encontrada pendurada na sede das Nações Unidas em Nova Iorque.

15. O Nascimento de Vénus (Botticelli)

nascimento de Venus 1 O Nascimento de Vénus, um dos quadros mais famosos do mundo, foi pintado na década de 1480, no auge da Renascença, por Sandro Botticelli. Esta cativante obra-prima apresenta uma Vénus nua, a deusa do amor, que emerge de uma vieira. Como esta requintada figura mitológica foi a primeira nua não religiosa a ser pintada desde a antiguidade, a pintura teve um profundo impacto na história da arte. Analisada e apreciada por inúmeras gerações de historiadores de arte e leigos, a estupenda pintura reside agora na Galeria Uffizi em Florença, a cidade em que foi pintada.

Related Stories

Llegir més:

Top 10 Coisas para fazer em Santorini

Vistas de cortar a respiração, igrejas caiadas de branco coroadas de cúpulas azuis brilhantes...

Top 10 Parques Nacionais Mais Bonitos da Austrália

Mapa dos Parques Nacionais da Austrália Chegar à longínqua Austrália envolve um longo voo...

10 Melhores Praias na Indonésia

O maior arquipélago da Terra, Indonésia , é notavelmente constituído por mais...

Top 10 Lugares a visitar no Kansas

De um ponto de vista geográfico, o Kansas está no centro dos Estados Unidos....

5 Melhores viagens de um dia na Grécia

Uma visão geral das viagens diurnas mais populares na Grécia: Athens to Delphi Day...

As 10 principais atracções turísticas em Melbourne

A cidade de Melbourne é uma metrópole costeira com uma atmosfera cosmopolita. É considerada...