13 Belas Províncias e Regiões do Panamá

Situado entre o Mar das Caraíbas e o Oceano Pacífico no Istmo do Panamá, o país com o mesmo nome alberga uma riqueza de belas paisagens, com montanhas imponentes e florestas tropicais exuberantes que coexistem com rios apressados, vales serpenteantes e litorais cintilantes. Embora as províncias do Panamá sejam principalmente o lar de mestiços e negros afro-panamenses, existem também várias regiões que protegem e preservam a cultura, língua e costumes das importantes populações ameríndias que lá vivem. O famoso Canal do Panamá, que percorre o país, é apenas um dos muitos locais a visitar. Os sedutores arquipélagos de Bocas del Toro e das Ilhas Pérola, assim como os incríveis parques nacionais de La Amistad, Coiba e o Vulcão Baru, aguardam a tua descoberta.

1. Bocas del Toro

bocas do touro No canto noroeste do país, Bocas del Toro, na fronteira com a Costa Rica, é o lar dos dois encantadores parques nacionais de Isla Bastimentos e La Amistad; o primeiro apresenta o idílico Arquipélago de Bocas del Toro, localizado no Mar das Caraíbas. Graças à sua natureza maravilhosa, a província é uma parte encantadora do Panamá para explorar. A maioria das suas encantadoras cidades e aldeias estão espalhadas pela sua costa pitoresca e ilhas cheias de praias, e o interior é o lar de selva densa e de todo o tipo de vida selvagem. Os visitantes podem desfrutar de muitas actividades ao ar livre, tais como caminhadas e passeios a cavalo. Os recifes de coral da Ilha Carenero e da Ilha Cristobal prestam-se perfeitamente para mergulhar, mergulhar e velejar. Para além disso, cidades como Bocas Town são o lar de uma impressionante variedade de belas praias, com alguns pontos de vida nocturna excelentes a serem encontrados aqui e ali.

2. Chiriqui

chiriqui Chiriqui, localizado no Pacífico ocidental do Panamá, é uma alegria de contemplar, ostentando uma variedade de belas paisagens, cada uma mais impressionante do que a última. A sua longa linha costeira, coberta de praia, contrasta deliciosamente com as incríveis paisagens montanhosas cobertas de floresta tropical das suas terras altas, enquanto que muitas ilhas offshore idílicas podem ser encontradas. Duas das suas principais atracções são o majestoso Parque Nacional do Vulcão Baru – com o nome do pico mais alto do país – e o belo Parque Nacional Marinho do Golfo de Chiriqui. As ilhas tropicais desta última, cheias de natureza, têm belas praias. As suas águas cristalinas estão repletas de vida marinha, tornando-o num dos melhores locais do país para observar baleias e fazer snorkel. Embora a maioria das pessoas venha pelos seus ecossistemas e maravilhas naturais, a província também tem algumas grandes vilas e cidades para visitar. David, a capital provincial, e a encantadora cidade montanhosa de Boquete merecem uma paragem, enquanto as ilhas de Boca Brava, Paridas e Seca têm resorts, praias e paisagens maravilhosas para desfrutar.

3. Coclé

Cocle Localizada em torno do Golfo de Parita, Coclé, na parte centro-sul do país, é o lar de algumas das praias mais populares do país. Santa Clara, Farallon e Rio Hato recebem muitos visitantes, que ficam nas encantadoras e descontraídas cidades da costa. Embora as suas areias douradas atraiam a maioria dos turistas, a cidade montanhosa de El Valle está a tornar-se um destino cada vez mais popular, pois está aninhada dentro de uma caldeira vulcânica. O Monumento Nacional Cerro Gaital, nas proximidades, ostenta um pouco da incrível vida selvagem e da impressionante biodiversidade do Panamá. Para além disso, a província tem numerosos sítios arqueológicos pré-colombianos, nomeadamente o Parque Arqueológico del Cano. A capital da região, Penonomé, alberga interessantes monumentos históricos e uma população diversificada que exibe muitas influências culturais diferentes.

4. Colon

cólon Embora a cidade de Colon esteja há muito associada ao comércio, uma vez que a entrada atlântica para o Canal do Panamá fica ao longo da sua costa das Caraíbas, a província do mesmo nome tem na realidade muito mais para oferecer. Bonitas praias, coloridos recifes de coral e exuberante floresta tropical, com a Floresta Protegida de San Lorenzo como uma das muitas atracções. Embora a própria cidade seja frequentemente considerada um pouco perigosa de visitar, Colombo está cheia de uma arquitectura maravilhosa, paisagens históricas cativantes e marcos culturais impressionantes; o monumento a Cristóvão Colombo e a catedral são alguns dos seus pontos turísticos obrigatórios. Colombo vale uma visita se tiveres oportunidade; ver a passagem de enormes petroleiros e navios pelo Canal do Panamá é uma experiência impressionante. A província também tem uma fascinante maquilhagem étnica e cultural. As suas vilas e cidades são uma bela mistura de influências caribenhas, hispânicas e indígenas, com as fortalezas e edifícios históricos de Portobelo a deverem ser vistos juntamente com a cidade de Colon.

5. Darién

darien A província mais oriental do Panamá, a selvagem e remota Darién faz fronteira com a Colômbia, e a sua costa sul estende-se ao longo do Oceano Pacífico. Coberto de infinitas florestas, pântanos e pântanos, o famoso Darien Gap, no leste da província, está totalmente subdesenvolvido. É aqui que se encontra o Parque Nacional Darien intocado e intocado. A maior parte da magnífica região selvagem da província é bastante inacessível, com apenas algumas pequenas aldeias espalhadas aqui e ali entre as suas planícies, bacias hidrográficas e terras altas, que incluem os maravilhosos picos de Tacarcuna e Pina. Embora longe do caminho trilhado, os amantes da natureza e entusiastas do ar livre vão adorar absolutamente o que Darien tem para oferecer. A magnífica floresta de nuvens, a interessante topografia e a grande variedade de vida selvagem fazem dela um lugar fascinante a explorar.

6. Herrera

Herrera Localizado no Golfo de Parita, Herrera é o lar de colinas e florestas, com muitas aldeias piscatórias encantadoras aninhadas ao longo da sua costa cintilante. O que lhe pode faltar em termos de atracções, pelo menos em comparação com outras províncias do país, Herrera mais do que compensa com os seus emocionantes festivais e carnavais locais; os de Chitre, Parita e Ocu estão entre os mais populares. Herrera tem uma rica herança cultural, pois a província produz a melhor cerâmica e a bebida alcoólica mais popular do país, Seco. As suas pequenas cidades e aldeias oferecem aos visitantes a oportunidade de experimentar o lado autêntico e tradicional do Panamá, enquanto as suas praias arenosas são ideais para relaxar e contemplar o golfo.

7. Los Santos

santo Aninhado na ponta da Península Azuero, no coração do país, Los Santos faz fronteira de um lado com o Golfo do Panamá e do outro com o mar aberto, com o Pacífico a estender-se à tua frente. Lar de seis parques nacionais, há muita natureza e paisagens encantadoras para explorar. A sua savana tropical contrasta com as suas montanhas escarpadas e costa gloriosa, pontilhada de mangais, dunas e praias; as majestosas ilhas de Iguana e Canas ficam mesmo ao largo da costa. Com uma identidade cultural própria, cidades como Las Tablas, a capital da província, são fascinantes de explorar. Las Tablas é o centro da arte, música, cultura e culinária panamenha; a melhor época do ano para visitar é durante o seu famoso carnaval. Outros lugares populares a visitar em Los Santos são as praias de Achotines, Guarare e Venado, e os vales de Tonosí.

8. Panamá

panamá Casa da capital, Cidade do Panamá, a província do Panamá é o primeiro porto de escala para muitos visitantes, e nenhuma visita pode ser considerada completa sem se dirigir às Eclusas de Miraflores para ver alguns dos enormes navios e petroleiros a passar pelo Canal do Panamá. Enquanto a capital, com os seus fascinantes monumentos históricos e culturais, vale bem a pena visitar, também vale a pena aventurar-se mais longe; a província é o lar de belos sítios naturais, como o Parque Nacional da Soberania, que tem inúmeras trilhas e caminhos para caminhadas. O Panamá também tem a impressionante ilha de Taboga para visitar, assim como o impressionante arquipélago das Ilhas Pérola, cheio de praias idílicas e florestas virgens. O local mais famoso é a Ilha Contadora, que foi apresentada no programa de televisão Survivor. Para além da sua beleza, as ilhas oferecem uma riqueza de fantásticas actividades ao ar livre, como natação, vela e mergulho.

9. Oeste do Panamá

oeste panamá Localizado a oeste do Canal do Panamá, o Oeste do Panamá é um mundo de contrastes; é o lar de algumas das maiores cidades do país, bem como de uma impressionante vida selvagem e natureza. As cidades de La Chorrera, Arraiján e Vista Alegre têm, cada uma, as suas próprias atracções e locais de interesse. Há também muitas cidades tranquilas e descontraídas ao longo do Golfo do Panamá que vale a pena visitar pelas suas excelentes praias e magníficos pores-do-sol. Alguns dos lugares mais impressionantes são a Floresta Protegida de Arraijan e o majestoso Parque Nacional Altos de Campana, que é a mais antiga reserva natural do país. Este parque nacional, com as suas colinas e vales ondulantes, ostenta uma abundância de vida selvagem, e as vistas do topo dos seus picos mais altos são de cortar a respiração.

10. Veraguas

Veraguas A única província do país que faz fronteira com os oceanos Atlântico e Pacífico, Veraguas é um dos melhores lugares para onde ir no Panamá se estiveres à procura de vistas naturais espectaculares. Aqui encontrarás de tudo, desde montanhas, rios e vales a florestas sem fim e praias douradas. Tanto o Parque Nacional Cerro Hoya como o Parque Nacional Sante Fe são fascinantes para explorar com a sua riqueza de trilhos e exuberante floresta tropical. No entanto, há um lugar que se destaca acima dos restantes: Parque Nacional Marinho de Coiba. Este majestoso parque marinho, localizado no Oceano Pacífico, é um lugar imperdível no Panamá. Muitas vezes descrito como «as Galápagos da América Central», ostenta algumas das paisagens mais deslumbrantes, vida marinha e mergulho a ser encontrado. Veraguas também possui belas praias para relaxar, como Malena, Torio e Playa Santa Catalina. A capital da província, Santiago de Veraguas, ostenta uma impressionante catedral e uma praça central que vale bem a pena visitar.

Regiões indígenas

Concebidas para proteger e preservar tanto os habitats e ecossistemas dos territórios como a cultura, costumes e estilos de vida das pessoas que neles vivem, as regiões indígenas são áreas administrativas do Panamá que albergam populações indígenas significativas. A criação dos Embera, Guna Yala e Ngabe-Bugle Comarcas indígenas protege agora os direitos humanos e políticos da população local e permite-lhes praticar livremente a sua língua, cultura e tradições.

11. Embera

emberá Aninhada entre a floresta virgem intacta no leste do país, Embera consiste nos dois territórios separados de Chepigana e Pinogana, cada um dos quais rodeia uma grande bacia hidrográfica. O povo Embera tem uma rica herança cultural. Estar numa das suas aldeias tradicionais ou nas cidades que abraçam as margens do rio é uma experiência fantástica que te permite aprender mais sobre os seus costumes e modo de vida. Além disso, as caminhadas na selva ou nas montanhas do Parque Nacional de Darien e os cruzeiros fluviais permitem-te entrar em contacto com as majestosas maravilhas naturais que te rodeiam.

12. Guna Yala

Guna Ainda a Abraçando a costa das Caraíbas no nordeste do país, Guna Yala é dotada de um cenário incrível. A sua longa linha costeira está repleta de belas praias e floresta tropical, enquanto um atraente arquipélago de 365 ilhas fica ao largo da costa. Ao longo da costa há muitas cidades e aldeias tranquilas para visitar; a maioria dos habitantes locais está envolvida na agricultura e na pesca ou no turismo. A região indígena é ideal para visitares se estiveres interessado em aprender mais sobre a cultura e os costumes do povo Guna. Combina a tua experiência cultural com umas férias na praia ou uma viagem de barco até às ilhas de San Blas para fazeres snorkeling ou pesca.

13. Ngäbe-Buglé

Ngabe-Buglé é um território muito montanhoso que cobre uma vasta faixa do noroeste do Panamá e possui um belo cenário de floresta tropical. O Cerro Santiago é um dos seus picos mais impressionantes. Devido à topografia e geografia do terreno, é um local ideal para desfrutar de actividades ao ar livre, como caminhadas e escaladas. O rafting também é possível nos poderosos rios, e as praias isoladas da costa das Caraíbas são uma alternativa tranquila. Lar dos povos Ngabe e Bugle, a região indígena está cheia de grandes cidades e aldeias para visitar. Onde quer que vás encontrar mercados movimentados com pessoas que vendem todo o tipo de frutas e vegetais, assim como artesanato local.

Related Stories

Llegir més:

Top 10 Parques Nacionais Mais Bonitos da Suécia

As deslumbrantes paisagens naturais da Suécia vão desde remotas tundras árcticas a profundos desfiladeiros...

As 12 regiões mais belas dos Países Baixos

Conhecida pelas suas terras baixas que se encontram por detrás de um intrincado e...

10 Parques Nacionais Mais Bonitos em França

Desde as suas belas praias no sul até aos indomados Alpes e campos rústicos,...

Onde Ficar na Ilha de Hvar: Os Melhores Hotéis...

Conhecida pelas suas muitas enseadas secretas, pelo delicioso vinho produzido localmente e pela profundidade...

Itinerário de amostra para o Norte da Tailândia para...

Este itinerário de 2 semanas combina uma viagem ao norte da Tailândia com o...

Top 10 Melhores Praias em Sihanoukville, China

Localizado a cerca de 4 horas de autocarro de Phnom Penh, Sihanoukville é o...