12 Melhores Coisas a Fazer em Gand, Bélgica

Outrora uma das cidades mais ricas e poderosas de toda a Europa, Gante ainda exibe orgulhosamente uma riqueza de fabulosa arquitectura medieval. Isto é em parte o que o torna tão agradável de explorar. Situado onde os rios Leie e Scheldt se encontram, o seu belo centro é o lar de uma imponente torre sineira com uma impressionante catedral, igreja e castelo secular que se senta ao lado do seu pitoresco canal. Situada entre Bruxelas, Bruges e Antuérpia, esta cidade compacta é frequentemente ignorada a favor dos seus vizinhos, embora isto tenha mudado um pouco nos últimos anos, uma vez que os seus muitos encantos se tornaram mais conhecidos. Apesar do seu pequeno tamanho, há muito para fazer em Gand, e a sua considerável população estudantil dá-lhe uma sensação animada e juvenil. Com uma riqueza de interessantes atracções turísticas históricas e museus fascinantes para visitar, Gante não pode faltar quando se visita a Bélgica.

1. Gravensteen

O Gravensteen do século XII é um dos principais marcos da cidade e tem o aspecto de um castelo. Uma guarita sólida e um pavilhão de entrada são protegidos por muralhas, torres e um fosso. Construído para albergar os Condes de Flandres, o castelo foi concluído em 1180, e o seu desenho baseia-se noutras fortalezas que o Conde Filipe viu durante as Cruzadas. Enquanto as suas outrora intimidantes ameias e torreões fazem fotografias fabulosas, o seu interior não é menos aliciante. A torre de menagem, por exemplo, alberga algumas exposições interessantes e informativas sobre a história do Gravensteen e a das condessas, enquanto se encontram aqui e ali fatos de armadura e dispositivos de tortura. Situado noutro belo local, a uma curta distância do centro de Gante, este magnífico castelo antigo é um dos monumentos históricos mais importantes da cidade.

2. Graslei

Graslei Significando «cais da relva» em inglês, este é um dos pontos mais pitorescos da cidade; uma fila de esplêndidos edifícios medievais estende-se ao longo do cais. Outrora um porto movimentado, este encantador cais é agora uma atracção turística popular, com cafés, restaurantes e bares a forrar as margens do rio Leie. Datada do século V, Graslei está impregnada de história. A partir do cais, pode fazer passeios de barco ao longo do rio, aprendendo tudo sobre o seu passado cativante. Embora idílico para visitar em qualquer altura do ano, Graslei ganha realmente vida durante os dez dias do Festival de Gante, quando uma multidão de espectáculos musicais e espectáculos ligeiros são realizados nas suas margens.

3. Catedral de St. Bavo

gravensteen

4. STAM Ghent City Museum

stam Museu da Cidade de Ghent Inaugurado em 2010, o STAM é o local para onde se dirigir se estiver interessado em aprender sobre a fascinante história da cidade de Gante. Alojado num par de fantásticos edifícios antigos que costumavam fazer parte de um convento, o interior do museu é surpreendentemente moderno; as exposições interactivas encontram-se ao lado de exposições multimédia e de um enorme mapa aéreo de Gante, que se pode percorrer a pé. Para além dos muitos artefactos históricos e arqueológicos, vídeos, fotografias e projecções dão-lhe uma visão da vida actual de Gante, bem como de como ela poderá ser no futuro. O premiado Museu da Cidade de Gante, belamente apresentado e exposto, não irá desapontar.

5. Patershol

Patershol As antigas ruas de pedra de Patershol serpenteiam através de uma série de encantadores edifícios medievais, com cafés acolhedores, restaurantes rústicos e lojas da moda. Aconchegado entre o Castelo de Gravensteen e o Rio Leie, este bairro histórico é um prazer de explorar, uma vez que as suas faixas atmosféricas, inalteradas durante séculos, o convidam a segui-lo. Outrora casa de comerciantes e clérigos, Patershol é agora um local popular entre os estudantes universitários da cidade e ostenta muitos bares acolhedores onde se pode passar uma noite a provar cervejas belgas.

6. Belfry and Cloth Hall

Sino Com uma altura de 91 metros, o campanário de Ghent oferece uma vista incrível sobre a cidade. Não é, portanto, surpreendente que durante séculos tenha sido utilizada como torre de vigia. Completada em 1380, a torre sineira neo-gótica é coroada por uma cata-vento em forma de dragão, que se tornou a mascote da cidade. No caminho para o topo, pode ver duas versões anteriores do famoso símbolo. Para além das vistas majestosas, os visitantes podem também dar uma vista de olhos ao encantador Salão do Pano que está anexo à Torre do Sino. Apresentando uma fantástica arquitectura gótica Brabante, é neste salão secular que os comerciantes de tecidos comercializavam e vendiam os seus produtos nos anos 1400 e 1500.

7. Korenmarkt

Korenmarkt Localizado no coração do centro da cidade, Korenmarkt está rodeado por alguns dos mais belos e prestigiados edifícios de Gante. Com certeza passará pelo menos uma ou duas vezes durante a sua estadia na cidade. Para além das magníficas casas antigas que hoje abrigam restaurantes, bares e lojas, os destaques são sem dúvida a bela antiga estação dos correios e a majestosa Igreja de São Nicolau. Além disso, a encantadora praça calcetada é apenas a um passo das margens pitorescas do Rio Leie e da Ponte de São Miguel, que oferece uma das melhores vistas de Gante. A Praça Korenmarkt é a praça principal da cidade e está agitada com a vida a qualquer hora do dia.

8. St Michael’s Bridge

Michaels ponte st St Michael’s Bridge, que atravessa o rio Leie e atravessa o centro da cidade, está rodeada de belos edifícios e é imperdível. Limitada por balaustradas de ferro forjado com postes de iluminação ornamentados em cada extremidade, a ponte calcetada tem sido utilizada pelas pessoas para atravessar o rio há séculos. A partir dela, pode desfrutar de belas vistas da bela margem do rio Graslei, com todos os seus fantásticos edifícios antigos. A igreja de São Miguel é também uma bela vista. No entanto, o destaque é a vista deslumbrante das três torres da Igreja de São Nicolau, a torre do sino e a Catedral de São Bavo, que se alinham diante de si. Com tantas vistas incríveis, St. Michael’s Bridge é um dos melhores lugares para tirar fotos após foto em toda a cidade.

9. Vrijdagmarkt

Vrijdagmarkt Uma das principais praças de Gante, Vrijdagmarkt recebe o seu nome do animado mercado de sexta-feira que se realiza aqui desde o século XII. A praça é ladeada por belas casas antigas e por um par de maravilhosos edifícios art nouveau. No seu centro encontra-se uma estátua fantástica de Jacob van Artevelde, um importante estadista flamengo. O mercado semanal é muito divertido, com todos os tipos de bancas a vender tudo, desde artesanato local a fruta e legumes frescos a encher a praça. O Vrijdagmarkt é ideal para visitar a qualquer hora do dia, uma vez que há muitos cafés, restaurantes e bares. Destes, o Dulle Griet é o mais acolhedor de todos eles. Para além do seu interior único e acolhedor, encontrará também cerca de 350 cervejas belgas para experimentar.

10. Igreja de São Nicolau

nicolas san igreja Um dos monumentos mais impressionantes e importantes de toda a cidade, a Igreja de São Nicolau tem dominado o centro de Gante desde o início do século XIII. Paga pela classe mercante rica da cidade e luxuosas casas do grémio, a igreja foi construída no estilo arquitectónico gótico escandinavo local, utilizando pedra cinzenta-azulada da vizinha Tournai. Embora o seu interior cavernoso mereça uma visita, a melhor forma de ver São Nicolau é a partir do exterior. As suas torres esbeltas flanqueando uma magnífica nave e imponente torre sineira fazem uma vista espectacular.

11. Stadhuis (Câmara Municipal)

stadhuis Sem dúvida um dos edifícios mais singulares da cidade, a Câmara Municipal luxuosamente decorada exibe na realidade dois estilos arquitectónicos muito diferentes mas igualmente encantadores. Enquanto um lado apresenta uma bela fachada gótica tardia, o outro mostra algumas características renascentistas e está adornado com elegantes colunas e pilastras. Estas duas formas contrastantes devem-se ao facto de os Stadhuis terem demorado muito tempo a construir e de os gostos terem entretanto mudado. O magnífico interior da Câmara Municipal, que só foi concluído em 1600 após o início dos trabalhos em 1519, é igualmente variado. Os visitantes podem reservar um passeio de uma hora pelos seus salões finamente decorados e luxuosas salas senhoriais. Localizado numa extremidade do Botermarkt, o Stadhuis fica ao lado do Stadshal, não muito longe da torre do sino.

12. Museum of Fine Arts

Museu voor Schone Kunsten Localizado a uma curta caminhada da estação de comboios, o Museum of Fine Arts – como é conhecido em inglês – ostenta uma brilhante colecção de pinturas e esculturas exibindo alguns dos melhores exemplos da arte flamenga. Desde o início do século XIV até meados do século XX, a sua colecção abrangente mostra obras de mestres de renome como Bosch, Rubens, van Dyck e Magritte. Embora o foco seja em artistas belgas, é possível encontrar alguns nomes internacionais como Boudin, Manet e Tintoretto entre eles, enquanto exposições temporárias são regularmente realizadas no museu. Inaugurado em 1810, o MSK é um dos museus mais antigos da Bélgica e vale bem a pena visitá-lo se tiver tempo para isso.

Related Stories

Llegir més:

12 Coisas a Fazer em Bozeman, Montana

Aninhado no meio da subida das Montanhas Rochosas, Bozeman está rodeado de paisagens naturais...

Top 10 Parques Nacionais Mais Bonitos da Suécia

As deslumbrantes paisagens naturais da Suécia vão desde remotas tundras árcticas a profundos desfiladeiros...

As 12 regiões mais belas dos Países Baixos

Conhecida pelas suas terras baixas que se encontram por detrás de um intrincado e...

10 Parques Nacionais Mais Bonitos em França

Desde as suas belas praias no sul até aos indomados Alpes e campos rústicos,...

Onde Ficar na Ilha de Hvar: Os Melhores Hotéis...

Conhecida pelas suas muitas enseadas secretas, pelo delicioso vinho produzido localmente e pela profundidade...

Itinerário de amostra para o Norte da Tailândia para...

Este itinerário de 2 semanas combina uma viagem ao norte da Tailândia com o...