10 Melhores Ilhas de Cabo Verde

Cabo Verde, também conhecido como Cabo Verde, é constituído por 10 ilhas principais a cerca de 560 km (350 milhas) ao largo da costa ocidental de África. Localizado no Oceano Atlântico central, o arquipélago foi formado pela acção vulcânica há milhões de anos atrás, embora algumas ilhas tenham experimentado erupções na história mais recente. Descoberta por exploradores portugueses em 1462, foi uma colónia de Portugal até à sua independência em 1976. As ilhas de Cabo Verde são na sua maioria montanhas e desertos, com alguns vales verdes e florestas pontilhadas. É quente e seco – algumas ilhas raramente recebem chuva, o que faz com que seja um bom destino de viagem durante todo o ano. O terreno montanhoso torna-o popular entre os caminhantes, enquanto que os ventos alísios o tornam popular entre surfistas e marinheiros.

1. Sal

Sal É fácil de adivinhar qual foi a indústria principal do Sal: O nome traduz-se como «sal». A maior parte do sal extraído no século XIX foi exportado para o Brasil, hoje em dia é principalmente extraído para os turistas levarem para casa e para uso local. O Sal é agora um destino turístico popular, tendo o principal aeroporto internacional de Cabo Verde. É principalmente uma ilha plana e arenosa, com ventos alísios de inverno que a tornam uma Meca para os surfistas. Faz sol quase todos os dias e o que é a chuva? Espargos é a capital política e económica da ilha, enquanto a Pedra Luna é conhecida pela sua igreja inclinada

2. Santiago

Santiago A ilha de Santiago é a maior ilha de Cabo Verde, lar de metade da população do país. A primeira das ilhas a ser colonizada, é o lar da capital do país, Praia. A ilha é um bom local para ver algumas das espécies da natureza ameaçadas de extinção, incluindo 38 plantas e várias aves raras. A ilha tem uma paisagem diversificada para desfrutar: montanhas, vales verdes, praias arenosas (Praia Pranha é o pico) e a maior e mais antiga árvore do país, um ceibo com 500 anos de idade. Os compradores podem apreciar o Mercado de Sucupira da Praia, onde pode comprar uma variedade de produtos, incluindo artesanato, e experimentar comidas tradicionais.

3. Boa Vista

Boa Vista As montanhas, o deserto e as praias combinam-se para fazer da Boa Vista, a terceira maior ilha de Cabo Verde, um bom lugar para visitar. Com um nome que se traduz como «bela vista», poderia ser qualquer outra coisa? Cada vez mais turistas estão a descobrir a ilha, a mais próxima de África, desde a abertura de um aeroporto internacional em 2007. Não deixe de visitar a bela igreja de estilo colonial perto da praça em Sal Rei, a capital da ilha. O sal aqui produzido foi considerado «real» devido à sua elevada qualidade. E, depois de visitar a igreja de San Rogue em Rabil, pode comprar cerâmica local como lembrança. Na parte norte da ilha, encontra-se o naufrágio de um cargueiro espanhol que se desbravou em terra em 1968.

4. São Nicolau

São Nicolau São Nicolau tem menos de 13.000 habitantes, tornando-o um bom local para escapar às multidões. Devido ao seu terreno montanhoso, a ilha é popular entre os caminhantes e os ciclistas de montanha. Não é um lugar particularmente bom para visitar se estiver interessado em praias, porque o acesso à praia é difícil. É um bom lugar, contudo, para ver as casas coloridas que podem ser encontradas em todo o Cabo Verde. A capital, Ribeira Brava, está no seu melhor de manhã, quando a actividade do mercado se move a um ritmo acelerado. Não deixe de visitar a praça da cidade com a sua encantadora igreja azul, de duas torres.

5. Maio

Maio Se gosta de ir à praia, vai querer visitar Malo, com as suas belas praias arenosas. Conhecida pelas suas antigas minas de sal, Malo é um bom lugar para relaxar nas cidades tranquilas com as suas casas coloridas e decoradas com flores. Embora a vegetação seja escassa, Maio tem a maior floresta em Cabo Verde. Para além de ir à praia, Maio é um bom local para observar aves, com águias-pesqueiras, andorinhas-do-mar e cotovias de cauda de bar. A praça principal da capital da ilha, Vila de Malo, é um bom local para a observação de pessoas, pois é o ponto de encontro central da cidade. O Pitoresco Morro tem uma grande praia de natação que partilhará com as tartarugas durante o Verão.

6. Brava

Brava Brava tem algumas coisas a seu favor. É a ilha mais pequena de Cabo Verde que é habitada, por isso não vai encontrar muitas pessoas. Não que possa caber muitas pessoas numa ilha que não tem sequer sete milhas de comprimento. Em segundo lugar, é a mais verde destas ilhas, o que a torna cénica – é conhecida como a ilha mais florida. Descoberta em 1462 por marinheiros portugueses, a ilha era conhecida pela sua caça à baleia. Actualmente, a sua economia está orientada para a pesca e agricultura, tais como o café, bananas e batata doce. Vila Nova Sintra tem a fama de ser a mais bela cidade do arquipélago.

7. Santo Antao

Santo Antão Santo Antao, a segunda maior ilha de Cabo Verde, é famosa pelas suas montanhas. Embora pareça desolada em lugares, a ilha também apresenta vegetação subtropical exuberante, como o abeto, pinheiro, tâmara e coqueiro. A Ribeira Grande, a capital e maior cidade da ilha, é um lugar animado. Não deixe de visitar os mercados de comida e vestuário, e experimentar uma sensação de paz na igreja de Nossa Senhora do Rosário. Na cidade portuária de Porto Novo é possível comprar queijo de cabra de fabrico local. Um passeio por uma velha estrada que liga Porto Novo à Ribeira Grande é uma boa maneira de desfrutar da paisagem.

8. Fogo

Fogo A Ilha do Fogo é a ilha mais alta da cadeia do Cabo Verde. Isto deve-se ao Pico do Fogo, que tem 2,829 metros (9,281 pés) de altura. O vulcão entrou em erupção periodicamente desde 1680, tendo a erupção mais recente ocorrido em 2014. FYI: Fogo traduz-se por «fogo». O rico solo vulcânico torna o café do Fogo muito bom, por isso agarra numa chávena numa pausa. A ilha é também conhecida pelos seus vinhos finos. Uma actividade popular na ilha é a escalada do Pico, uma caminhada que demora cerca de seis horas desde a aldeia de Cha das Calderas. A maior cidade da ilha, São Filipe, vale a pena explorar a pé.

9. São Vicente

São Vicente São Vicente é uma ilha árida marcada por montanhas baixas. Num dia claro, é possível ver outras ilhas. A maioria dos 80.000 habitantes da ilha vive no Mindelo, conhecido como o centro cultural de Cabo Verde. A cidade é conhecida como o local de nascimento dos estilos musicais tradicionais do país, embora a globalização signifique que uma grande variedade de música pode ser ouvida aqui. Os locais que desejará ver no Mindelo incluem o mercado do peixe e uma cópia da famosa Torre de Belém de Lisboa. A cidade tem um sabor africano devido ao comércio com aquele continente. A ilha do sudoeste é popular entre os windsurfistas.

10. Santa Luzia

Santa Luzia A ilha mais pequena de Cabo Verde é basicamente desabitada, mas atrai marinheiros como o mel atrai moscas. A ilha é baixa, o que significa muito sol, e os ventos alísios do nordeste fazem dela um ancoradouro popular mas isolado para iates. Pode parecer desolado, mas uma linha costeira acidentada com rochedos codificados pelo vento dá-lhe uma sensação cénica. É acessível através de um passeio de barco de duas horas a partir de São Vicente. Uma vez lá, é possível descobrir ruínas de habitação humana – foi abandonada pela última vez na década de 1960. A ilha chama-se Santa Lúcia porque foi outrora descoberta em 1462.

Related Stories

Llegir més:

Top 10 Lagos Mais Bonitos da Suécia

Pela maioria das estimativas, a Suécia é o lar de cerca de 100.000...

Top 12 Museus em Amesterdão

Uma cidade simplesmente maravilhosa para passear, Amesterdão é o lar de alguns museus brilhantes,...

6 Melhores viagens de um dia em França

Um resumo das viagens de um dia mais populares em França: 1. Provença num...

Top 15 Cidades Mais Encantadoras da Croácia

A Croácia já não é um segredo bem guardado. Todos os anos, multidões de...

5 Melhores Praias em Koh Lipe

Koh Lipe, uma ilha ao largo da costa do sudoeste da Tailândia, é considerada...

10 Magníficos Templos de Angkor

Situada entre o Lago Tonle Sap e as montanhas Kulen no Camboja, Angkor contém...